6 de ago de 2015

Dia 115: O Exterminador do Furturo: Gênesis (2 de julho)

Dizer que eu estava ansiosa para ver O Exterminador do Futuro: Gênesis (Terminator Genesys) seria pouco, especialmente depois de assistir aos primeiros quatro filmes da franquia na semana passada. Essa foi uma boa opção, no final das contas, apesar de ter aumentado as minhas expectativas para esse filme.  

Penso que um fã do Exterminador vai acabar com um grande sorriso no rosto ao início desse filme. Eu estava assim, sorrindo como uma boba, mesmo na ausência de um dos dois "What a hell", uma das mais evocativas partes do primeiro filme para mim, por mais estranho que pareça. Bom, de volta ao começo: essa parte é bastante boa, mesmo que o filme como um todo seja menos do que eu esperava. No entanto, do mesmo modo que seus predecessores, eu gostei do filme, uma boa diversão - inteligente, engraçado, evocativo. 

Mas a questão é que eu gosto muito dessa série, acabei por curtir todos os filmes, mesmo o terceiro, considerado o mais fraco, e penso que eu vou gostar dos próximos dois já anunciados. Todas as referências de costume estão ali - frases como "I'll be Back", "Come with me if you want to live" são parte dessa franquia, assim como alguns fatos, personagens, trama. O filme é fiel à história e ao seu desenrolar nesses trinta anos. Um exemplo disso é como até mesmo a confusão sobre o tempo e os diferentes personagens é incorporada à trama, o que eu achei uma sacada inteligente. Os elementos que compõem essa série são reconhecidos aqui, além da apresentação de novas questões. 

Minha maior preocupação aqui foi a escalação de Jay Courtney como Kyle Reese, um personagem importante e querido na história do Exterminador. Ele de fato confere força a Reese, mas deixa a desejar nos aspectos mais cativantes do personagem. Jay e Emma Clarke possuem uma boa dinâmica juntos (o que é fundamental a esse filme), e o trio composto por ambos e Schwarzenegger convence e é bem dirigido, assim como ocorre com o filme como um todo. Não é perfeito, nem tão bom como os dois primeiros, porém. Eu estava esperando uma certa perfeição aqui, então eu claramente me desapontei em vários momentos. Mas mesmo assim eu gostei do filme, e o assistiria novamente pela reconstrução do set de 1984 - e também pela super participação especial inesperada (você deve saber de quem se trata, mas eu não tinha ideia, e acabou sendo uma surpresa muito feliz :).

http://onemovieadaywithamelie.blogspot.com/2015/07/day-115-terminator-genisys-july-2.html


O Exterminador do Futuro: Gênesis (Terminator Genesys)Dirigido por Alan
 Taylor. Com: Arnold Schwaznegger, Emma Clarke, Jay Courtney, Jason Clarke.
Roteiro: Laeta Kalogridis,  Patrick Lussier a partir dos personagens criados por 
James Cameron.  EUA, 2015, 126 min., Dolby Digital/Datasat/Dolby Atmos, Color (CInema).  





Nenhum comentário:

Postar um comentário